quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Lightroom Avançado para Fotos de Paisagem



Próximas datas:

Aguarde a divulgação de novas datas.


A proposta aqui reunir a turma num local agradável e com custo acessível para praticar a captura e o tratamento de fotos. Abaixo o programa resumido:
  • Apresentação / revisão dos principais conceitos envolvidos na captura digital.
  • Saídas para fotografar nas montanhas.
  • Apresentação da teoria envolvida na catalogação, edição e tratamento de fotos no Adobe Lightroom, com muitos exemplos.
  • Ao final, cada aluno abre suas próprias fotos no notebook e faz o tratamento, seguindo um passo a passo e com acompanhamento. Esse é o diferencial do deste workshop.
  • O fechamento do curso é a apresentação das fotos de cada aluno, para debate e críticas.

Como todo workshop, vai ter trilha, comidinha boa e confraternização.

Depoimentos:

O workshop foi excelente. Gostei muito do conteúdo e da forma como você apresentou. Gostei também do tempo, que ficou na medida para mim. Acho um certo desafio apresentar o curso para pessoas com diferentes níveis de conhecimento, e acho que você conseguiu a dose certa. Parabéns pelo trabalho e profissionalismo. Luiz Fernando Regino

No último final de semana saí do Rio e fui fazer o WS de Lightroom avançado que o Waldyr organizou, e até agora estou meio abestado! Que clima, que vibe! Vim embora não querendo, com a certeza de que foi o primeiro de muitos que irei fazer. Erich Fournier

Algumas fotos do último evento na Fazenda Samambaia e nas montanhas de Petrópolis.

Refeitório da Fazenda Samambaia

Capela da Fazenda Samamabaia

Nossa sala de aula

Entardecer no Alto da Ventania

Entardecer no Alto da Ventania


Programa detalhado:
  • Sábado
    • Encontro e cafe da manhã na Fazenda Samambaia.
    • Aula: Apresentação do curso e do Lightroom.
    • Aula: Catalogação e edição.
    • Aula: Repasse dos conceitos de captura digital.
    • Exercício: Captura digital na Fazenda Samambaia.
    • Almoço.
    • Prática: Trilha e fotografias do entardecer no Alto da Ventania. Descida noturna.
    • Retorno, janta e confraternização.
  • Domingo
    • Café da manhã.
    • Exercício: Ajustes de "tone mapping" nas fotos capturadas
    • Aula: Tratamento de fotos no Lightroom, com exemplos.
    • Exercício: Como avaliar fotos?
    • Aula: Cada aluno seleciona e trata suas próprias fotos, com acompanhamento.
    • Almoço.
    • Aula: Cada aluno seleciona e trata suas próprias fotos, com acompanhamento (continuação)
    • Apresentação das fotos para críticas e debate.
    • Encerramento.

O que cada um deve levar:
  • Mochila com equipamento fotográfico, incluindo tripé
  • Lanterna
  • Agasalhos
  • Cantil
  • Lanche leve para a trilha
  • Notebook com o Adobe Lightroom


Pré-requisito fundamental: Estar em condição de fazer uma caminhada leve superior (até 2 horas de subida). 

Investimento:

R$ 710,00 em 2x de R$ 355,00 (uma na inscrição e a outra até a data do evento).

Condição especial: R$ 640,00 à vista, na inscrição.

Incluso: Participação no Workshop Lightroom Avançado, hospedagem na Fazenda Samambaia (coletiva, em beliches), alimentação (do café de sábado até o almoço de domingo), trilha e material didático em mídia digital. Os alunos devem chegar na Fazenda Samambaia, Petrópolis, por seus próprios meios. O translado opcional da rodoviária de Petrópolis, ida e volta, pode ser solicitado e está incluso no pacote.


Acompanhantes (não participantes do Workshop): R$ 270,00 (podem participar de todas as atividades na Fazenda e a participação na trilha depende da disponibilidade de vaga nos carros).


Solicitar ficha de inscrição por e-mail: waldyr.neto@yahoo.com.br





segunda-feira, 3 de outubro de 2016

E tudo que era efêmero se desfez...




E tudo que era efêmero se desfez. E ficaste só tu que é eterno 

Cecília Meireles


Efêmero, do grego “ephémeros” significa “apenas por um dia”. De forma geral o termo efêmero é associado a tudo que é passageiro, transitório, fugaz, de curta duração.

A fotografia de montanha é a busca pelo efêmero – a luz, as nuvens, a névoa, a chuva, – que por um instante mágico conversam com o eterno – as rochas, as montanhas, os vales...



A beleza das montanhas não basta, pois se fosse só por ela todas as fotos seriam iguais. As montanhas estão sempre lá. Elas são o palco, não a peça. Simplesmente retratá-las é uma armadilha.

O fotógrafo de montanha vai para o eterno e busca o passageiro. O que fará as grandes fotos é a luz, as nuvens, a nevoa, as expressões e gestos de pessoas retratadas, ou até mesmo o conhecimento, o olhar e estado de espírito do fotógrafo. O subjetivo, o efêmero...



Infinitamente belo, insuportavelmente efêmero 

Rubem Alves





Mas nós, os fotógrafos, temos o poder de transformar o efêmero em eterno...




Texto publicado originalmente num cartaz para a minha exposição fotográfica no Clube Excursionista Light.